Bahia vira contra o Avaí e vê sonho de Libertadores mais perto

O Bahia se aproximou do grupo de classificados à próxima edição da Copa Libertadores durante a noite desta quarta-feira. No Estádio da Ressacada, o time tricolor tomou um susto, mas conseguiu a virada por 2 a 1 conta o ameaçado Avaí, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Com 45 pontos ganhos, o Bahia figura no oitavo lugar da tabela de classificação. O Flamengo, último integrante do G7, contabiliza 47 pontos. Já o Avaí, com somente 35 pontos, aparece na penúltima posição do torneio nacional, à frente apenas do Atlético-GO.

Pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19 horas (de Brasília) deste sábado, o Avaí volta a campo para enfrentar o líder Corinthians, na arena de Itaquera. Já o Bahia, às 20 horas de domingo, trava um confronto direto com o Atlético-MG, na Fonte Nova.

O Avaí conseguiu inaugurar o marcador logo aos 16 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de falta colocada, Marquinhos contou com a colaboração do goleiro Jean para marcar. Aos 36 anos de idade, com 58 gols, o veterano assumiu o posto de maior artilheiro da história da Ressacada.

O Bahia chegou ao empate em uma jogada iniciada em mais uma bola parada, aos 32 minutos da etapa inicial. Em cobrança de falta, Juninho acertou as duas traves de Douglas Friedrich. Oportunista, Edigar Junio pegou a sobra e bateu forte para marcar.

Em uma boa trama de seu ataque, o time tricolor virou o marcador em Florianópolis aos 33 minutos da etapa complementar. O argentino Allione recebeu do colombiano Mendoza pela esquerda e cruzou para o artilheiro Edigar Junio completar com sucesso.

Na última alteração promovida pelo técnico Paulo César Carpegiani, Allione saiu para a entrada de Matheus Sales. O time tricolor soube como se defender durante os minutos finais e garantiu a quarta partida consecutiva sem derrota no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 x 2 BAHIA

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)

Data: 08 de novembro de 2017, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Péricles Bassols (PE)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)

Cartões amarelos: Romulo, Pedro Castro (AVA); Allione, Juninho Capixaba (BAH)

Gols:

AVAÍ: Marquinhos, aos 16 minutos do 1º Tempo

BAHIA: Edigar Junio, aos 32 minutos do 1º Tempo e aos 33 minutos do 2º Tempo

AVAÍ: Douglas Friedrich; Maicon (Diego Tavares), Fagner Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Pedro Castro, Marquinhos (Wellington Simião) e Luanzinho (Maurinho); Júnior Dutra e Romulo

Técnico: Claudinei Oliveira

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior (Feijão), Juninho, Zé Rafael e Allione (Matheus Sales); Edigar Junio e Mendoza (Régis)

Técnico: Paulo Cesar Carpegiani

Share This:

Deixe uma resposta