Gabriel Jesus diz ter se controlado para não perder jogo no Palestra

O centroavante Gabriel Jesus tinha uma preocupação além de marcar gols na partida contra a Bolívia. O ex-palmeirense passou em branco nesta quinta-feira, em La Paz, mas atingiu o objetivo de evitar um cartão amarelo que o tiraria do compromisso contra o Chile, na terça-feira, justamente no Palestra Itália.

“Todo o mundo estava consciente de que não poderia tomar cartão. Eu mesmo fiz tudo para não tomar. Levei até uma cotovelada, em que o jogador deles veio pedir desculpas e o juiz não deu nada. Queria não levar o cartão para poder voltar à arena”, sorriu Jesus, que trocou o Palmeiras pelo Manchester City, da Inglaterra, após ser campeão brasileiro no ano passado.

Com o árbitro argentino Fernando Rappalini poupando toda a Seleção de cartões, o dia só teria sido mais feliz para o centroavante se a bola entrasse. Gabriel Jesus e os seus companheiros pararam em uma grande atuação do goleiro Lampe.

“Não foi uma. Foram três chances que não costumo errar. Uma delas de cabeça, fundamento que ainda estou aprimorando. Sei que não posso errar, mas dou os parabéns ao goleiro pelas defesas”, disse Jesus. “A gente sabia que não seria fácil, mas o time sai de cabeça erguida por ter batalhado e corrido bastante”, completou.

Gazeta Esportiva

Share This: