No ritmo atual, Neymar, sozinho, pode fazer ‘ataque de 100 gols’ no PSG

Algo que tem sido frequente na temporada do PSG voltou a acontecer no sábado: Neymar brilhar mais do que qualquer outro jogador em uma vitória da equipe. Na goleada por 6 a 2 sobre o Bordeaux, o atacante brasileiro foi responsável por três gols: fez dois e ainda deu o passe para Cavani marcar o dele.

Essa apresentação de gala fez com que Neymar chegasse ao final de suas oito primeiras partidas pelo PSG tendo balançado as redes oito vezes e dado sete assistências. O que significa participação direta em 15 gols do time.

Já é quase meio caminho andado em relação ao que fez na última temporada pelo Barcelona, quando somou 18 gols e 15 assistências em 38 jogos oficiais, o que resulta em uma média de 0,87 gol produzido por partida.

Mas Neymar pode alcançar algo ainda mais expressivo do que superar o rendimento em seu último ano na Espanha: se continuar neste ritmo, tem boa chance de acabar a temporada com a marca de participação direta em 100 gols do PSG.

Vai depender também , é claro, da quantidade de vezes que ele entrar em campo pela equipe. No Campeonato Francês, são 38 rodadas. Na Champions League, são seis jogos pela fase de grupos e outros sete no caso de quem chega à final. Além disso, o PSG tem ainda as disputas da Copa da França e da Copa da Liga Francesa — que podem representar dez partidas a mais se a equipe for à decisão de ambas.

A participação direta em 15 gols nestes oito primeiros jogos de Neymar ao PSG dá a ele uma média de 1,875 gol produzido por partida. Caso esse índice seja mantido, ele vai precisar de mais 46 partidas para alcançar os 100 gols entre próprios e assistências.

O próximo capítulo da busca de Neymar por esse feito será no dia 14 (sábado), quando o PSG visitará o Dijon pelo Campeonato Francês.

Share This: