Time do Vitória bate o Flamengo na Ilha

No papel, uma escalação que animou a torcida do Flamengo, que pediu time muito parecido no VC Escala que o GloboEsporte.com disponibilizou na sexta-feira. O 4-1-4-1 tinha apenas Arão como volante, com Márcio Araújo barrado. Mas o esquema não funcionou, e o Vitória mostrou precisão para vencer por 2 a 0, em duelo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diego Alves teve a chance de mostrar sua especialidade pela primeira vez com a camisa rubro-negra, mas sofreu gol de pênalti de Neílton. Yago abriu o placar para os visitantes com um golaço após falha de Arão.

Com o resultado, o Vitória soma a segunda vitória seguida e sobe para 19 pontos, ainda na zona do rebaixamento. Já o Flamengo, que teve uma vitória nos últimos sete jogos, fica com 29 pontos.

PRIMEIRO TEMPO

A escalação altamente ofensiva do Flamengo no 4-1-4-1 foi comprovada também na prática, mas só no início. Até os 25 primeiros minutos, o time chegou inúmeras vezes, mas faltou capricho, principalmente de Vizeu nas finalizações. O jovem centroavante, que não começava uma partida como titular desde 29 de março, sentiu a falta de ritmo de jogo. Despediçou chances de frente para o gol, sendo a principal delas um cruzamento rasteiro de Éverton. Diego também chegou perto numa cobrança de falta.

Mas o até então insinuante time do Flamengo passou a sofrer após o tempo para hidratação, aos 30. O Vitória cresceu no jogo, achando bons espaços principalmente pela direita. E o castigo para os donos da casa aconteceu aos 40, quando Arão rebateu uma bola muito mal e entregou nos pés de Yago, que soltou uma pancada cruzada na gaveta. Golaço.

SEGUNDO TEMPO

O jogo caiu muito no segundo tempo, com os dois times errando muito. O Flamengo não se encontrava, e Zé Ricardo atendeu a torcida ao lançar Berrío na vaga de Geuvânio. Mas quem ampliou foi o Vitória, numa situação que gerava expectativa até então. Réver errou o tempo de bola, Tréllez ganhou a frente e foi derrubado pelo zagueiro. O primeiro pênalti pela frente de Diego Alves com a camisa do Flamengo. Neílton, com calma e personalidade, botou bola de um lado e goleiro do outro para fazer 2 a 0 para o Vitória.

Diego, Éverton Ribeiro e Everton produziam muito pouco, e Zé Ricardo mandou Vinicius Junior na vaga do último. Diego foi vaiado por parte da torcida, mas outra parte o aplaudiu logo depois. O Flamengo não conseguiu reagir, e o Vitória – que só não fez o terceiro porque a bola de Trellez foi na trave – mostrou maturidade para controlar o jogo e conseguir mais uma vitória na busca pela fuga do rebaixamento.

PANORAMA

O próximo compromisso do Flamengo é contra o Atlético-MG, domingo que vem, no Mineirão. O Vitória tem pela frente o Avaí, sábado, no Barradão.

Ge Globo

Share This:

Deixe uma resposta